segunda-feira, 2 de junho de 2008

Algumas belezas da vida...

Dentro de todas as possibilidades que a vida nos dá, há os desvios. E estes desvios, às vezes, podem ser bons, ou não. Mas em tudo e para tudo há um sentido de desvio. Por exemplo, a felicidade. Sentimento estonteante motivado por vários "sei lá o quê...". Mas nisso tudo há os contrários, o contrário, para a felicidade: tristeza.
Para muitos ser triste é muito triste - não discordo -, mas há de sentir que devemos encontrar um ponto, um desvio, na verdade, positivo para tudo. Meu desvio positivo para a tristeza - a natural ou a gerada por algo ou alguém, ou o próprio organismo - é que com ela, com ela, dou mais valor... A felicidade que todos nós buscamos.

Um comentário:

Diego Viana disse...

Salve, Bruno! Continua blogando firme e forte? Já te avisei que mudei o endereço do Para Ler Sem Olhar? O novo está aí embaixo, junto com meu nome.
Abraço!